domingo, julho 30, 2006

De cara lavada (mas pouco)

Cada vez mais acredito no lema "se queres as coisas bem feitas, fá-las tu próprio"! O problema é que lavar o bólide não é propriamente um programa de fim-de-semana dos mais apetecíveis e, como já não conseguia ver um palmo à frente do nariz (tal era a quantidade de porcaria acumulada no pára-brisas) e conduzir com a cabeça de fora para ver o caminho não é lá muito confortável, decidi parar na GALP para lavar a cara do bote.

Sempre que lavo o carro (quer seja na lavagem automática, quer seja em casa) penso em voz alta "assim, sim... a ver se agora não deixo a sujidade chegar ao tecto outra vez"... e sempre acabo por deixar andar até não se conseguir distinguir se o carro é branco ou amarelo torrado!

Hoje, gastei os 4 € mais mal gastos de sempre... é que paguei a lavagem, tive que ser eu a introduzir os códigos na maquineta e continuo a não ver rigorosamente nada através do pára-brisas! Parece que borrifei o carro com uns salpicos de água (como quem rega as plantas)... reconheço que ficou ligeiramente melhor porque já consigo ver acender o stop do carro da frente mas, mesmo assim, meus ricos 4 euritos... tivesse eu paciência e tinha feito melhor com apenas uma gotinha de Fairy!

Foi a 1ª e última vez que lavei o carro naquela estação de serviço!!!

4 comentários:

rita disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
rita disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Rita disse...

http://ritatatata.blogspot.com

morada nova, mas forçada : (

beijinhos

Anónimo disse...

Enjoyed a lot! »